Adriata Gastronomia

Faz tempo que não falo de restaurante e coisas assim por aqui, mas hoje eu preciso falar.
Comigo hoje no Via Adriata Gastronomia. Pedi um talharim feito na manteiga de sálvia e uma picanha. E com picanha, nada melhor do que um Malbec. Pedi o rótulo Preciso, de Mendoza.
Começando a falar da experiência, o restaurante tem um ar que combina informalidade e requinte. Extremamente charmoso, acho que é o termo mais adequado. Se bem que charme tem a ver com percepção. Mas senti esse clima que combina tão bem a formalidade e o charme. E uma música ambiente deliciosa que ia de Elton John (can you feel the love tonight…) a Boyce Avenue.


Logo na chegada me entregaram o cardápio e a carta de vinhos. Já sabia que queria picanha então a escolha mais óbvia me parecia ser o Malbec. Foi o que fiz logo de cara. Mas estava na dúvida entre os rótulos. O garçom Diego, super simpático, prestativo e atencioso, de imediato me ofereceu provar os vinhos que eu estava em dúvida. O vencedor foi o Preciso. Estava em dúvida entre ele e o Sin Palabras. O Sin Palabras apresentou taninos redondos, macios e maior equilibrio junto a acidez. Já o Preciso apresentou taninos mais marcados e um sabor mais fulgas, e menor acidez. Isso o tornou a companhia perfeita para um prato principal que incluía manteiga e carne vermelha. Inclusive se tiver dúvida sobre harmonizações e sobre tipos de vinhos, vale a pena dar uma lida em alguns posts anteriores.
Aliás, recomendo este vinho. Harmonizou maravilhosamente bem com um prato parrudo, como já era de se esperar de um Malbec. Aliás entre os dois, recomendo este para um prato mais gorduroso e o outro para pratos ainda parrudos, mas menos gordurosos. O instinto do paladar do papai aqui não falha. Os taninos marcados do Malbec Preciso depois de seus 8 meses de passagem barricas harmoniza perfeitamente com o prato. Inclusive dei essa dica pro Garçom, novamente, simpático e atencioso.

https://instagram.com/vinhosdoleao


Como notei que o restaurante estava vazio, pulei a entrada e fui direto ao prato principal. Talharim na manteiga de Sálvia e picanha. Aliás o talharim é feito na casa, uma massa de amarelo intenso e bastante saborosa. Impossível colocar qualquer defeito. Eu pedi ao ponto pra menos (coisa que irrita muito cozinheiro) e a carne veio exatamente como eu imaginava, um vermelho intenso, bem cozida por dentro em seus líquidos e bem tostada por fora. Mesmo eu adorando cozinhar, jamais conseguiria chegar neste ponto da carne. No prato vem dois cortes de picanha e os dois com o ponto igualmente perfeitos.

Talharim na manteiga de Sálvia e picanha



O preço é extremamente convidativo.
Prato: R$ 59,00
Vinho: R$ 69,00
Água com gás: R$ 7,00
Um jantar maravilhoso por: R$ 148,90.


Vale muito comer aqui (sim, escrevo dentro do restaurante). O restaurante tem essa combinação gostosa de finesse e informalidade. Eu recebi indicação de pelos menos 4 amigos que não se conhecem para vir aqui. Agora eu dou a recomendação a vocês que me lêem. Venham!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s